Quem disse que não gostamos de ler?

Espaço onde podemos ver o nosso trabalho em torno do livro.

terça-feira, maio 23, 2006

Poesia na Miguel Torga

Na 5ª sessão, o Leandro pediu-me Poesia. Então, ocorreu-me que podia levar um jogo para a sessão seguinte. Assim foi. Na primeira metade organizámos as leituras: quem tinha lido as Crónicas, quem não tinha. O Bruno está a ler os livros até ao fim, acaba-os sempre nas sessões. A Cláudia nunca desilude. Já a Jéssica, parece estar sempre desinteressada.
De volta aos poemas, a minha proposta era a seguinte: encontrar o elemento estranho (um verso que não pertencia ao poema) em seis poemas. Com os seis versos estranhos compunham outro poema.
A actividade correu bem, e depois da leitura de todos os poemas, o eleito foi o de Miguel Torga...
Coincidências afectivas.

1 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home